Vítimas de violência doméstica podem pedir ajuda à Patrulha da Mulher

Algumas farmácias de Petrolina aderiram à campanha nacional ‘Sinal Vermelho’, na qual mulheres vítimas de violência doméstica podem sinalizar que precisam de ajuda marcando um “X” vermelho na mão. A Prefeitura de Petrolina incentiva a campanha e reforça que a Patrulha da Mulher da Guarda Civil Municipal pode ser acionada nesses casos.

A patrulha especializada é a primeira no interior de Pernambuco e funciona 24 horas por dia. As vítimas da violência, testemunhas e as farmácias que aderiram à campanha podem acioná-la através do telefone 153. A equipe de plantão, composta por guardas municipais capacitados para acolher essas mulheres, se desloca para ocorrência com agilidade.

Na viatura sempre há a presença de uma mulher, para que as vítimas se sintam mais confortáveis. Seja através da ligação, ou de um pedido de socorro nas farmácias participantes da campanha sinal vermelho, o importante é romper o silêncio. Através do registro desses casos, os órgãos competentes podem dar o encaminhamento necessário e fornecer atendimento psicossocial às mulheres.

Em Petrolina, a violência contra mulher também pode ser denunciada através dos telefones da Polícia Militar 190; Delegacia da Mulher 3866-6625; ou ainda pelo 0800 2818187 e também pelo número 180. Para prestar assistência social e jurídica, o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CEAM) está funcionando em formato de plantão para orientações via ligação através do número (87) 3867-3516, das 8h às 13h.

COMPARTILHAR