Violência contra a mulher: prefeitura acolhe vítima que pediu socorro em rede social

O acolhimento oferecido pela Prefeitura de Petrolina às mulheres em risco social vem contribuindo para a redução dos casos de violência na cidade. Exemplo disso é que, nesta quarta-feira (13), a Secretaria Executiva da Mulher, Juventude e Acessibilidade novamente entrou em ação após tomar conhecimento, através das redes sociais, de um caso de agressão e perseguição.

A equipe do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM) fez o acompanhamento da vítima até a delegacia, onde foi colhido o depoimento. Após a ouvida, foi feito o  encaminhamento para atendimento psicológico, social e orientação jurídica no CEAM.

“Entre as atividades desempenhadas pelo CEAM está o de acompanhar estas mulheres  que sofrem algum tipo de violência, seja ela psicológica ou física, seja de parceiros, na vida doméstica e familiar. O nosso trabalho é  ajudar a mulher no enfrentamento a esse tipo de violência e recuperar a saúde mental e dar proteção legal” explica a secretária executiva de Juventude, Direitos Humanos, Mulher e Acessibilidade, Bruna Ruana.

Plantão Mulher – Para enfrentar esse tipo de violência, a Prefeitura de Petrolina disponibiliza o “Plantão Mulher” para oferecer acolhimento social a vítimas de violência, com psicóloga, assistente social e advogada. O serviço ocorre nas segundas-feiras, das 8h às 12h, no Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM), que fica localizado na Avenida Gilberto Freire, s/nº, Vila Mocó.

COMPARTILHAR