Vacina da gripe: Prefeitura inicia reabastecimento de postos de saúde

Dando sequência à segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, a Prefeitura de Petrolina informa que está fazendo, nesta semana, o reabastecimento dos postos de saúde da cidade. A medida é para que as unidades ofereçam a dose nesta segunda fase da campanha, contemplando todos os públicos prioritários, incluindo as pessoas com doenças crônicas e comorbidades. De acordo com a Secretaria de Saúde, até o final desta semana, todas as unidades das zonas urbana e rural devem ser reabastecidas com as mais de 8 mil doses recebidas.

A orientação da Secretaria de Saúde é que as pessoas que fazem parte do público-alvo da campanha aguardem o reabastecimento de todos os postos e só procurem as unidades na próxima semana, devido ao feriado do Dia do Trabalho ser nesta sexta-feira (1º). Idosos e profissionais de saúde que não se vacinaram na primeira fase da campanha também podem procurar as unidades de saúde para serem imunizados. É importante destacar que, para se vacinar, os doentes crônicos precisam comprovar através de atestado médico, o qual indique a doença crônica, ou de uma receita de uso continuo dos últimos 12 meses.

Nesta segunda etapa da campanha, já foram imunizados policiais militares do 5º BPM e do 2º BIEsp, agentes da Guarda Civil Municipal, policiais rodoviários federais, policiais civis, bombeiros, motoristas de ônibus, pessoas privadas de liberdade e motoristas do transporte complementar rural. Nesta quarta-feira (29), será a vez dos caminhoneiros.

Prorrogação

Antes mesmo de encerrar a segunda fase da campanha, o Ministério da Saúde já anunciou que a vacinação será prorrogada até dia 6 de junho. Inicialmente a data final seria 23 de maio. A extensão de prazo se deve, especialmente, para ter disponibilidade de doses, em razão da fabricação, e para não ocorrer muita aglomeração de pessoas nos postos de saúde, visto a necessidade de distanciamento devido ao novo coronavírus. Com isso, a inclusão na campanha de pessoas de 55 a 59 anos e professores, que aconteceria dia 9 de maio, passa para 18 de maio. No dia 9 do próximo mês começa a imunização para crianças de seis meses a menos de 6 anos, pessoas com necessidades especiais, gestantes e puérperas – nesse último caso, mulheres que tiveram filho nos últimos 45 dias.

COMPARTILHAR