Transporte complementar: prefeitura intensifica fiscalização para garantir segurança de passageiros

A Autarquia de Mobilidade de Petrolina (Ammpla) está dando continuidade às ações para garantir a segurança de passageiros no transporte público na cidade. Uma delas, diz respeito às fiscalizações no transporte complementar que serão intensificadas a fim de combater o transporte irregular que pode oferecer risco à população.

De acordo com o diretor-presidente da Ammpla, Edilson Leite, o ‘Edilsão do Trânsito”, a operação será intensificada nos próximos dias com o intuito de orientar sobre as exigências do município acerca da prestação deste tipo de serviço.

O nosso objetivo é coibir o transporte irregular e assim zelar pela segurança dos passageiros. Quem trabalha com transporte complementar deve seguir as exigências do Termo de Permissão, para que assim, nós tenhamos um transporte seguro. É preciso que as pessoas tenham consciência que o mau uso desse transporte, apenas prejudica o sistema de transportes e gera risco aos passageiros”, explica. O diretor também salienta que  os condutores de transporte complementar precisam ter cursos específicos para o transporte seguro dos passageiros.

Para trabalhar com transporte complementar em Petrolina, é preciso requerer junto à Ammpla um Termo de Permissão (TP) cujo número deve ficar afixado no veículo autorizado. A fiscalização abrange veículos escolares, táxis, mototáxis, veículos de turismo, vans e ônibus. O objetivo é verificar se todos cumpriram os prazos de vistoria para a renovação da permissão. O prestador que descumprir as regras pode pagar multa ou até perder a permissão para trabalhar. Quem não realizou a vistoria dentro do prazo ainda pode procurar a Ammpla das 7h às 13h para regularizar a situação. Informações através do número (87) 3862-3580

COMPARTILHAR