Transforma Petrolina e AGE fecham parceria com a Univasf para a implantação de Pontos de Inclusão Digital

Nessa terça-feira (10), os representantes da Agência do Empreendedor – AGE, do Programa Transforma Petrolina e do Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC) da Univasf firmaram parceria com o objetivo de unir forças para a implantação de seis Pontos de Inclusão Digital – PID, em Petrolina. O projeto visa a iniciação à informática como meio de capacitação de jovens e adultos para o mercado de trabalho, além de reduzir o índice de exclusão nos municípios, viabilizar o acesso aos serviços do governo eletrônico, fortalecer ações organizadas pela sociedade civil e contribuir com a qualidade da aprendizagem nas escolas públicas.

Para viabilizar a instalação desses laboratórios serão ofertados cursos à população como Informática Básica, Instalação e Manutenção de Software Livre (Linux) e de Montagem e Manutenção de Computadores. Os interessados já podem efetuar a sua inscrição na sede do Transforma Petrolina, na sede da AGE e na Escola Social da Cohab Massangano. A formação fornecerá um certificado com carga horária total de 70h e já tem previsão para dar início a formação de duas turmas em maio deste ano, nos períodos de 03 a 09 (primeira turma) e 11 a 16 (segunda turma). Cada turma deve contemplar 100 inscritos, totalizando 200 vagas na fase inicial do projeto. As vagas são limitadas!

De acordo com o Diretor Presidente da AGE, Sebastião Amorim, “a importância do projeto é oportunizar aos alunos o despertar para o conhecimento no crescente segmento de Tecnologia da Informação, além de criar chances efetivas para os mesmos empreenderem na área da informática, podendo inclusive demandar da AGE a formalização de sua empresa, através do MEI e adquirir linhas de crédito para iniciar o seu negócio”.

Através da Prefeitura de Petrolina, da AGE, do Transforma Petrolina, da Secretaria de Juventude e dos CCI, novos Pontos de Inclusão Digital serão implementados também em Petrolina e estarão aptos a receber toda a população Petrolinense para fins de educação e inclusão digital no município.

COMPARTILHAR