Secretaria de Saúde passa a exigir comprovante de residência para testes de COVID-19 em Petrolina

A Secretaria de Saúde em Petrolina passará a exigir comprovante de residência para realização do teste contra a COVID-19 nos três polos de testagens montados na cidade. A medida começa a valer nessa terça-feira (1). O documento deve ser nominal e serão aceitas contas de água, luz, telefone, internet, fatura de banco, contrato de aluguel, ou qualquer outra documentação que vincule a pessoa à residência na cidade.

Para a diretora da Atenção Básica, Lorena Andrade, a medida é para evitar a testagem de moradores de outras cidades da região. “Essa orientação que adotamos tem como objetivo realizar o teste apenas em moradores de Petrolina. Com isso, estamos voltando nossas atenções à identificação das variantes e casos sintomáticos e assintomáticos de moradores, para assim, continuarmos nosso trabalho preventivo. Por isso, não podemos fazer o teste daqueles que moram em outras cidades”, explicou.

COMPARTILHAR