Público se despede da 15ª edição da Aldeia do Velho Chico com intensa programação cultural

Chegou ao fim na madrugada deste domingo, 1º de setembro, a programação dos 15 anos da ‘Aldeia do Velho Chico’ – Festival de Artes do Vale do São Francisco, realizado pelo Sesc Petrolina. Depois de 16 dias de muita efervescência cultural, o projeto se despede das cidades de Petrolina, Juazeiro (BA) e Lagoa Grande (PE) deixando no público da região um clima de saudade. A 15ª edição da Aldeia do Velho Chico contou com a parceria da Prefeitura de Petrolina.

Como acontece todos os anos, o tradicional ‘Virarte’ encerou o festival com mais de 10 horas ininterruptas de atividades culturais. A programação contou com espetáculos de dança, teatro, mercado cultural e shows musicais de artistas da região e atrações conhecidas no cenário nacional, como a baiana Larissa Luz que apresentou ao público da região seu novo trabalho, o show ‘Trovão’. Além dela, quem subiu ao palco montado em frente ao Sesc Petrolina foi o cantor e compositor pernambucano, Almério. O artista é ganhador da 29ª do Prêmio da Música Brasileira (PMB), na categoria ‘Cantor Revelação’.

Para o secretário executivo de Cultura, Cássio Lucena, apoiar um dos maiores eventos culturais da região reforça o compromisso da Prefeitura de Petrolina. “Nós que formamos a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, através da Secretaria Executiva de Cultura, nos sentimos bastante orgulhosos de ser parceiros de um dos festivais mais importantes do país, diga-se de passagem. A edição 2019 da Aldeia do Velho Chico terminou com toda luz e ousadia, jorrando arte pelos quatro cantos da cidade. Foi lindo demais de ver. Esperamos repetir essa parceria no próximo ano”, ressalta.

Foto: Divulgação PMP

COMPARTILHAR