Projeto Verão: prefeitura disponibiliza modalidades esportivas gratuitas

Ao longo da estação mais quente do ano, é comum observar as academias de Petrolina lotadas. Em vários bairros, essa cena se repete entre os meses de dezembro até meados de março. E quem não pode pagar ou não curte fazer exercícios em locais fechados conta com uma série de programações gratuitas espalhadas pela cidade. A prefeitura oferece em algumas comunidades aulas gratuitas de ritmos, futsal, capoeira e outras modalidades através dos projetos de incentivo ao esporte na cidade.

Essas oportunidades também estão chegando para os moradores do interior do município. Através do Programa ‘Esporte e Lazer da Cidade’ (PELC), promovido em parceria com o Governo Federal, pessoas de todas as idades estão colocando o corpo em movimento em locais como a Agrovila Massangano; Serrote do Urubu; Projeto Maria Tereza; Pau Ferro; Rajada, além de mais cinco bairros na sede contemplados com o programa. Mais de duas mil pessoas já aderiram à proposta de cuidar regularmente da saúde.

Bairros como o João de Deus; Alto do Cocar; Pedro Raimundo; Rio Corrente; Areia branca; José e Maria; Dom Avelar; Vila Marcela; N10 e Vila Eduardo também contam com programações semanas. Atualmente, os monitores estão em recesso com retorno previsto já para o mês de fevereiro. Desde 2017, quando foi lançado pela atual gestão, mais de 500 pessoas foram beneficiadas em cerca de 10 núcleos do Programa Movimenta Petrolina.

Os programas ‘Movimenta Petrolina’ e PELC são realizações da gestão municipal, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, com a finalidade de incentivar a prática esportiva e o bem estar das comunidades. Todas as atividades são monitoradas por profissionais qualificados. Mais informações sobre os horários e locais das atividades em cada comunidade através do telefone: (87) 3862-2113.

Outra dica para sair do sedentarismo são os ‘babas’ e partidas nas 22 quadras já entregues pela Prefeitura de Petrolina em três anos. Pelo menos outros 11 espaços esportivos serão reformados ou construídos em comunidades do interior nos próximos meses.

COMPARTILHAR