Projeto pioneiro utiliza energia solar para funcionamento de poços em Petrolina

Petrolina é a primeira cidade do Nordeste a adotar a energia solar para ativar poços públicos. A experiência foi implantada na comunidade de Cacimba Velha, na zona rural, através de uma parceria da Prefeitura e Codevasf. O poço à energia solar recebeu investimento de R$ 18 mil e beneficiará 100 moradores da localidade.
O uso da energia solar é uma medida pioneira para substituir os cataventos como forma de captação de força para impulsionar a bomba que ativa os poços. Além de zerar os custos com conta de eletricidade, o sistema soluciona o problema de geração de energia em períodos de pouca ventilação no semiárido. Dessa forma, o método facilita a vida principalmente de famílias de baixa renda localizadas em áreas com poucos recursos.
Após utilizar a experiência na Cacimba Velha, a Prefeitura de Petrolina e a Codevasf pretendem levar o projeto para outras regiões da zona rural do município sertanejo. “Esse é um projeto pioneiro que pensa principalmente no homem do campo mais simples. A Prefeitura de Petrolina é a primeira do Nordeste a empregar a energia solar em poços. Queremos expandir essa tecnologia pois existem muitas regiões que enfrentam dificuldades de abastecimento e pela condição climática”, explicou o prefeito Miguel Coelho em visita na última sexta-feira (20), na Cacimba Velha.
A nova tecnologia faz parte de ações da prefeitura para a segurança hídrica na zona rural de Petrolina. “Esse novo sistema garantirá que a população não sofra mais com a ausência de água. É isso que o prefeito Miguel Coelho está fazendo pelo interior de nossa cidade, buscando sempre avançar com tecnologias e ações que melhoram a qualidade de vida e garantem mais dignidade aos cidadãos”, destaca o secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando.
Fotos: Jonas Santos
COMPARTILHAR