Projeto ‘Amigos do SAMU’ continua orientando alunos da rede municipal sobre prejuízo de trotes

O projeto “Amigos do SAMU”, iniciado em agosto do ano passado pela Prefeitura de Petrolina, teve sua primeira edição em 2019 durante esta terça-feira (19). A Escola Municipal 21 de Setembro, no bairro José e Maria, recebeu as atividades do projeto educativo, que visa levar orientações sobre o perigo dos trotes ao serviço do SAMU, além de noções de primeiros socorros às crianças.

Na unidade de ensino, a equipe do órgão fez demonstrações sobre o trabalho de rotina do SAMU, como deve ser a agilidade do serviço e como as chamadas falsas podem, inclusive, impedir de salvar uma vida. Para auxiliar no trabalho educativo, o SAMU veste algumas crianças de socorrista, mostra como é uma ambulância por dentro e faz simulações de situações como engasgos, desmaios e convulsões.

Para Cristiane Nunes, coordenadora do SAMU, o projeto rende bons resultados, sendo uma experiência positiva, tanto para o órgão, como para os alunos das escolas. “A gente percebe que as crianças ficam atentas, fazem perguntas, têm vontade de aprender. Esse aluno se torna um multiplicador de informações em casa, na rua, com outros colegas, alertando sobre o prejuízo que um trote pode trazer, auxiliando assim em nosso trabalho diário” explica.

COMPARTILHAR