Prefeitura reúne-se com Ministério Público para discutir Rede Cegonha em Petrolina

Representantes da Prefeitura de Petrolina e do Ministério Público (MP) reuniram-se, nesta quinta-feira (10), para discutir a situação materna/infantil do Hospital Dom Malan/ IMIP, além do programa ‘Rede Cegonha’ do Ministério da Saúde. Mediada pela promotora Ana Cláudia, a audiência contou com representantes da VIII Gerência Regional de Saúde e dos secretários de saúde de diversos municípios de Pernambuco.

O programa ‘Rede Cegonha’ garante à mulher o direto ao planejamento reprodutivo e atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao pós-parto, bem como, às crianças, o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.

“É a organização de uma rede de cuidados, para que a mulher passe a contar com assistência integral à saúde, desde a confirmação da gravidez e até o segundo ano de vida do filho”, explicou a secretária de Saúde em exercício, Marlene Leandro.

De acordo com a gestora, durante a reunião foram discutidas diversas alternativas para melhorar o fluxo entre o serviço oferecido pelas esquipes do programa Saúde da Família e o hospital referência. “Hoje nós temos apenas o hospital Dom Malam para atender os partos de risco de todos os municípios do estado, infelizmente, devido à lotação, estamos vivenciando diversos problemas, então, essa reunião foi extremamente importante para discutirmos alternativas com o objetivo de melhorar o serviço de saúde, além de reduzir a mortalidade materna e infantil evitável que demandam atenção diária em serviço de saúde de alta complexidade”, explicou.

COMPARTILHAR