Prefeitura reforça proibição da prática de esportes em praças e quadras poliesportivas

A prática de esportes nas praças e quadras poliesportivas da cidade vai ter que esperar. Apesar das ordens municipais para a população ficar o máximo possível em casa, o hábito ainda é comum entre alguns moradores dos bairros. A prefeitura reforça que o pico de contaminação de Covid-19 deve ser entre abril e maio e, por isto, as restrições devem ser seguidas ainda mais à risca. Após sucessivas interdições pela Guarda Civil, a prefeitura alerta que as medidas de fiscalização deverão ser mais severas.

Segundo decreto municipal, aglomerações com mais de 10 pessoas estão proibidas e podem ser alvos de denúncias. Nas últimas semanas foram inúmeras apreensões de materiais (como bolas de futebol e caixas de som, por exemplo) em locais com aglomerações; e ao reincidir, podem sofrer penalidades mais sérias. Diante do cenário atual, a prefeitura aponta como alternativa a possibilidade de manter uma rotina de atividades físicas dentro de casa. Manter o corpo em movimento é essencial para melhorar o sistema imunológico.

Quanto mais a quarentena funciona, menos necessária ela parece aos olhos da população, que acredita estar se isolando desnecessariamente. Nós reforçamos que, se os números não estão aumentando, é justamente pela efetividade das medidas restritivas. Por isso não podemos baixar a guarda, especialmente com um pico de contaminação que se aproxima”, destaca o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Ao presenciar qualquer descumprimento do decreto municipal, denúncias podem ser feitas para a Central de Atendimento da Secretaria Executiva de Segurança Pública, através dos números 153 ou (87) 98106-7310 (WhatsApp).

COMPARTILHAR