Prefeitura realiza terceira formação para gestores das Escolas de Tempo Integral

Após cinco meses de atividades e vivências em sala de aula, a Prefeitura de Petrolina promoveu o terceiro encontro de gestores das Escolas de Tempo Integral do município. O momento ocorrido nesta segunda (15) e terça-feira (16) na Secretaria de Educação foi intitulado de ProMEI Café, que é o Programa Municipal de Educação Integral, e oportunizou o compartilhamento das experiências e metodologias  aplicadas em sala de aula por cada unidade nesse período.

A formação tem o acompanhamento do Instituto de Correspondência pela Educação (ICE).  A secretária executiva do ProMEI, professora Francis Teonília de Carvalho Medrado explica que a proposta é compartilhar as experiências vividas. “Essa equipe está podendo discutir e transferir experiências. Experiências essas que estão dando certo, que fazem com que a equipe escolar, não só os professores, mas todos os funcionários da escola trabalhem a pedagogia da presença, vejam no aluno um protagonista, encontre nele o potencial que nem ele e nem a família antes conhecia e que agora com a implantação as escolas de tempo integral a agente já consegue enxergar”, expõe Francis Teonília.

A secretária ainda relata que as mudanças na vida dessas crianças não ficam apenas na escola, mas na família também. “Posso afirmar que mais de 90% das crianças que chegam hoje as nossas escolas sentem prazer. Temos testemunho de pais que relatam as mudanças de comportamento dos filhos em casa. A criança sai da escola como multiplicadora de boas práticas, de boas ações, de responsabilidade. Então, isso é uma construção inversa que permitiu trazermos os pais para dentro da escola também”, salienta a professora.

Outro ponto importante desse momento de formação foi a participação dos alunos protagonistas dessas unidades, estudantes do 1º ao 7º ano que puderam mostrar o que aprenderam nesses cinco meses sobre responsabilidades e deveres de um líder. Eles foram acompanhados também por jovens líderes de escolas públicas da capital pernambucana, que aplicaram a didática do projeto Escola da Escolha também do Instituto de Correspondência pela Educação.

Hoje, o município conta com três Escolas de Tempo Integral: São Domingos Sávio no bairro Gercino Coelho, Monsenhor Bernardino na Vila Eulália, ambas Fundamental 1 e a Anésio Leão no bairro Vila Eduardo com o Fundamental 1 e 2. Aproximadamente 1300 alunos estudam nessas unidades.

 

Fotos: Divulgação PMP

COMPARTILHAR