Prefeitura entrega 150 aparelhos auditivos e emociona pacientes

O clima de felicidade marcou a manhã desta terça-feira (18), durante a entrega de 150 aparelhos auditivos a pacientes de Petrolina. A ação da prefeitura, que beneficiou mais de 60 pacientes que estavam na fila de espera, aconteceu no Centro Auditivo da Secretaria de Saúde.

Quem não conseguiu conter as lágrimas ao ver a filha recebendo o aparelho e emocionou todos os presentes, foi a mãe da paciente Marília Guimarães, de oito anos. Ana Téssia, moradora do bairro Ouro Preto, contou que a criança teve o problema genético.“Desde bebê eu identifiquei que ela tinha algum problema, a gente falava e ela não respondia. Fiz o teste da orelhinha, mas mesmo assim não foi identificado. Ela foi crescendo e sempre com essa dificuldade, até que foi diagnosticado que ela escutava, porém, era muito pouco. Então vim aqui no Centro Auditivo, fiz o cadastro dela e ficamos aguardando o aparelho”, explicou.

O médico otorrino, José Brito, destacou a importância desse cuidado com a população de Petrolina. “Eu vejo uma maior dedicação dessa gestão em nos prover das condições para restaurar umas das funções tão importantes como a audição. Eu tenho o costume de dizer que a cegueira afasta você das coisas, já a audição afasta você das pessoas. Mais de 70% da depressão do idoso é causada pela perda auditiva, eles são excluídos e isso é muito triste. Eu me emociono a cada entrega dessa. A gente hoje oferece aparelhos de última geração. A gente vê a mudança de vida no rosto de cada um aqui que está recebendo seu aparelho e ficamos muito felizes”, frisou.

A secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque, reafirmou o compromisso de continuar com o programa e contemplar os pacientes que estão na lista de espera. “Estamos muito felizes em entregar esses aparelhos e reconhecemos a importância desse serviço. Uma das experiências mais emocionantes é oportunizar a recuperação de sentidos tão importantes. Vamos dar continuidade, e nos comprometemos a continuar fazendo a aquisição desses aparelhos”, concluiu.

Fotos: Jonas Santos

COMPARTILHAR