Prefeitura discute Lei de Diretrizes Orçamentárias durante audiência pública

As metas da Prefeitura de Petrolina para melhorar a qualidade de vida da população foram apresentadas, nesta quarta-feira (22), durante audiência pública na Câmara Municipal. Na oportunidade, representantes da Secretaria de Planejamento e Inovação (SEPI) discutiram o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2019.

A reunião contou com a presença de representantes da prefeitura, vereadores e membros da comunidade que puderam conhecer o planejamento da administração municipal e suas prioridades para o próximo ano.

A audiência foi aberta pelo secretário de Planejamento e Inovação, Orlando Tolentino, que destacou a importância da discussão junto ao legislativo e à população. “A gestão do prefeito Miguel Coelho tem trabalhado de forma participativa para que a população perceba que ocupa um lugar importante nesse processo de tomada de decisões. E essa audiência pública vem justamente para que a prefeitura possa apresentar e aprimorar suas metas e prioridades para o futuro do petrolinense”, disse Tolentino.

Na plenária, a secretária executiva de Planejamento e Inovação, Lilian Costa, apresentou o projeto de lei e explicou que a LDO é resultado de um processo pelo qual a prefeitura ouviu a população. “Mais que cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, a audiência vem para promover o processo democrático de planejamento da administração municipal. É muito importante ouvir estas demandas da comunidade para que, a partir daí, possamos planejá-las e executá-las da melhor forma possível“, disse.

Planos – Entre as metas e prioridades da administração municipal estão:  ampliar as ações de saúde e educação; melhorar a qualidade urbana e mobilidade; fortalecer o pequeno produtor; valorizar os servidores públicos; estimular a inovação e o empreendedorismo; valorizar a cultura local; impulsionar o turismo, a atividade industrial e comércio, entre outras.

Lilian destaca ainda que a LDO é que vai orientar a gestão municipal para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019 e sua execução.

COMPARTILHAR