Prefeitura de Petrolina tira dúvidas da população e evita ida a postos de saúde

Quando o assunto é o novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Petrolina não tem medido esforços para combater esse inimigo praticamente invisível. Para evitar a disseminação da doença, principalmente nesse momento em que muitas pessoas estão com sintomas gripais, uma das formas mais eficazes continua sendo o isolamento social. Porém, se você está com algum sintoma gripal como febre, tosse e coriza e não sabe se deve ou não ir a um posto de saúde, a prefeitura tem a solução: a Sala de Teleorientação.

O serviço, pioneiro no estado de Pernambuco, acontece por meio de agendamento no site petrolina.tisaude.com. O petrolinense entra na página e realiza um cadastro simples com os dados pessoais e agenda o atendimento com uma das profissionais que aparecerá na tela do celular ou computador. Após a marcação da data e horário, serão enviadas mensagens de SMS e no WhatsApp do usuário cadastrado para lembrar sobre a teleorientação. Médicas e enfermeiras realizam o atendimento, que ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. A plataforma tem recebido cerca de 30 interações diárias de pessoas com sintomas ou buscando orientações sobre qual serviço de saúde devem procurar.

Ao receber as dúvidas e queixas de uma pessoa, o profissional de saúde da teleorientação tem a chance de fazer uma orientação prévia e, na maioria das vezes, solucionar casos que possivelmente iriam para a triagem presencial sobrecarregando o atendimento nas unidades de saúde. Se, após a avaliação virtual, o profissional constatar a necessidade de direcionamento do paciente a uma unidade de saúde, será acionado o corpo médico da gestão municipal para acompanhar o paciente de perto. A prefeitura reforça que esse serviço tem evitado que pessoas busquem informação presencialmente, evitando aglomeração nos postos de saúde e risco de disseminação de doenças respiratórias.

COMPARTILHAR