Prefeitura de Petrolina reforça serviço de apoio e acolhimento virtual em saúde mental durante a pandemia

Com a pandemia, além das preocupações com a saúde física, a Covid-19 também tem provocado o sofrimento psicológico durante o isolamento social e, em muitos casos, também é resultado de mudanças nas rotinas e nas relações familiares. Esta sobrecarga emocional tem impactado em um aumento dos casos de ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo, depressão e síndrome do pânico. Por isso, é tão importante entender e cuidar da imunidade psicológica.

Em Petrolina, a prefeitura oferece uma ferramenta de apoio e acolhimento em saúde mental essencial para ajudar as pessoas a enfrentarem medos e dificuldades durante a pandemia do novo coronavírus. O apoio e o acolhimento são totalmente virtuais e realizados por psicólogos por meio do Google Meet, serviço de videochamada do Gmail, das 8h às 17h. Antes, porém, é preciso fazer o agendamento pelo telefone (87) 3862-3677.

O acolhimento remoto apresenta vantagens para a oferta de suporte psicossocial durante a pandemia, uma vez que corrobora com as recomendações de distanciamento social e isolamento domiciliar. Esse primeiro momento permite o acolhimento, mas, se o profissional identificar uma situação que necessite de um atendimento presencial, a pessoa será encaminhada para Atenção Básica ou para os Centros de Atenção Psicossocial (Caps), que continuam atendendo casos de urgência e emergência.

Vale ressaltar que a prestação de serviços psicológicos por meio de tecnologias da informação e da comunicação é regulamentada pela Resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP nº 011/2018).

COMPARTILHAR