Prefeitura de Petrolina reforça a importância da segunda dose da vacina contra o novo coronavírus

Após o recebimento de uma nova remessa da vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, para completar a imunização de mais de seis mil pessoas em Petrolina, a prefeitura montou uma força-tarefa para aplicação imediata dessas doses. Em apenas dois dias foram aplicadas 3.489 vacinas, restando 2.771 pessoas para completar o ciclo vacinal.

A secretária executiva de Vigilância em Saúde e especialista em Saúde Pública, Marlene Leandro, reforça que é importante buscar a segunda dose para completar o ciclo imunológico, porque a eficácia prometida pelos laboratórios foi determinada a partir de estudos e testes com duas aplicações do imunizante.

A secretária ainda reforçou que, além da vacina contra a Covid-19, muitas outras que estão no calendário de imunização precisam de mais de uma dose para proteger corretamente o organismo.

Segunda dose da CoronaVac

Idosos com 64 anos podem se dirigir a Escola Municipal 21 de Setembro, no bairro José e Maria; os idosos com 63 anos estão sendo imunizados no SESI, na Vila Mocó; já os idosos com os 60, 61 e 62 anos devem procurar o polo do Centro do Idoso Vó Pulú, na Vila Eduardo. Por meio de drive-thru, que está localizado na Avenida Principal da Vila Eulália, todas as faixas etárias de pessoas idosas poderão ser imunizadas. Para os profissionais de saúde, estão reservadas as salas 16, 17, 23 e 25 do bloco de aulas, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF).

A programação muda a partir de quarta-feira (23), quando os idosos de qualquer faixa etária, poderão ir para o SESI, na Vila Mocó, ou ao drive-thru da Vila Eulália para serem vacinados. Para os profissionais de saúde, o atendimento continua aberto apenas na sala 16, do bloco de salas, da UNIVASF.

COMPARTILHAR