Prefeitura conclui recuperação de barragem de Baixa do Bina em Petrolina

Além do patrolamento de estradas vicinais, recuperação de trechos de vias com a operação de Tapa-buracos, instalação de sistemas simplificados de abastecimento de água, a Prefeitura de Petrolina tem realizado, por meio da Secretaria de Agricultura (Seagri), outras ações que visam melhorar a qualidade de vida do homem e da mulher do campo sobretudo as que fortalecem o acesso à água, a exemplo do serviço de limpeza e recuperação de barragens. As equipes da Seagri estiveram na Baixa do Bina, região de Rajada, realizando limpeza da barragem da localidade.

Há mais de 100 km distante da sede, a comunidade de Baixa do Bina tem recebido ações da prefeitura como operação de patrolamento, tendo suas principais vias melhoradas e agora, nos últimos 15 dias, as equipes estiveram concentradas na limpeza e preenchimento da parede. A secretaria já recuperou as barragens de Sítio Garcinha (região de Pau Ferro) e Sítio Santo Antônio (região de Rajada). De acordo com o secretário da pasta, Gilberto Melo, esse trabalho visa melhorar e ampliar os sistemas simplificados de abastecimento de água no interior do município, especialmente nas localidades da área de sequeiro, onde a oferta de água é muito mais reduzida, dada a longa distância que se encontram das margens do rio São Francisco.

“Nosso prefeito Simão Durando é muito sensível às causas do homem e da mulher do campo, e uma das principais missões que recebemos dele é cuidar para garantir maior segurança hídrica às comunidades da nossa zona rural. Agora a comunidade de Baixa do Bina já está com sua barragem limpa e recuperada pronta para receber as águas das chuvas que vierem daqui por diante em nossa região”, ressaltou o secretário.

Para Maria Cristina Souza, que mora há mais de 30 anos em Baixa do Bina, a recuperação da barragem traz mais tranquilidade para quem vive na região. “Essa limpeza ajuda a todos nós a pegar água para consumo humano e também animal. São cerca de 30 famílias que moram aqui na comunidade.”, destacou a moradora.

COMPARTILHAR