Profissionais buscam medidas para melhorar atendimento socioassistencial

Os servidores da Prefeitura de Petrolina que atuam nas áreas da assistência social, saúde e educação, participaram nesta terça-feira (28) do I Fórum Municipal de Fluxo da Rede Socioassistencial. O evento realizado no auditório do Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (Igeprev) teve o objetivo de fortalecer o fluxo da rede socioassistencial do município.

A programação contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Jorge Assunção, que reforçou a importância de debater o tema. “Vamos aproveitar a presença dos representantes das secretarias de Saúde e Educação, para buscar soluções e criar estratégias que melhorem nossos serviços. Todos estamos unidos no objetivo de tornar o atendimento mais eficiente para quem precisa”, afirmou.

Ainda de manhã, foi realizada uma mesa redonda para debater o tema: rede socioassistencial básica, composta por representantes do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), da secretaria de saúde e educação. Em seguida, foi realizada uma apresentação teatral, feita pelos idosos do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Fernando Idalino, que participam do projeto ‘Vovó Amigo’.

Durante a tarde, a programação incluiu uma mesa redonda sobre a assistência em média e alta complexidade, composta por um representante do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e do Conselho Tutelar.

A secretária executiva do Programa Municipal de Educação Integral (PROMEI), Francisca Teonilia, destacou a importância de participar de um fórum como este. “Nesse momento de reflexão, nós podemos rever de que forma estamos trabalhando e como podemos melhorar o atendimento da nossa população. De maneira integrada, conseguimos nos fortalecer e assistir melhor nosso município. Assim, a educação, o social e a saúde estarão fortalecidos, como é o desejo do prefeito Miguel Coelho”, conclui.

O encontro faz parte das atividades que estão sendo desenvolvidas em Petrolina para manter o Selo Unicef concedido ao município pela primeira vez em 2005.

COMPARTILHAR