Petrolina segue com uma das melhores classificações do Mapa do Turismo Brasileiro

Petrolina se mantém entre as cidades selecionadas pelo Ministério do Turismo para fazer parte do Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021, que incluiu 2.694 municípios de 333 regiões turísticas do país. A capital do Sertão do São Francisco atendeu aos requisitos exigidos pelo Governo Federal e se manteve na categoria ‘B’, de uma escala que vai da ‘A’ a ‘E’, e engloba os municípios com o segundo maior fluxo turístico doméstico e internacional, e ocupações formais no setor de hospedagens.

Dos 185 municípios de Pernambuco, apenas 12 foram incluídos na mesma categoria que Petrolina, entre eles, o arquipélago Fernando de Noronha e Caruaru. Recife e Ipojuca foram as únicas cidades do Estado na classificação ‘A’. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Petrolina, Emicio Júnior, ficou satisfeito com a avaliação da cidade. “Fazer parte do Mapa do Turismo Brasileiro e com a segunda melhor classificação, nos dá munição para pleitear mais investimentos junto ao MTur e, assim, fortalecer o município com ações de infraestrutura, qualificação profissional e promoção de roteiros turísticos, por exemplo”, afirma.

Para permanecer no mapa, o município atendeu requisitos como: orçamento próprio destinado ao turismo; prestadores de serviços turísticos registrados no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), do Ministério do Turismo; ter um órgão de turismo em atividade e conselho municipal funcionando, visto que este é o primeiro passo para o desenvolvimento integrado da atividade turística. Em Petrolina, o Comtur foi reativado em 2017, no início da gestão do prefeito Miguel Coelho.

Fotos: Jonas Santos

COMPARTILHAR