Petrolina: Patrulha Maria da Penha segue firme no combate à violência contra mulher

Criada em março de 2019 pelo prefeito Miguel Coelho, a Patrulha Maria da Penha de Petrolina, comemorou neste último domingo (21), dois anos de existência. Durante o período de atuação, já realizou mais de três mil visitas domiciliares a mulheres vítimas de violência doméstica. O trabalho das Guardas Civis Municipais que atuam na corporação é desafiador e nesses anos contribuiu para que centenas de mulheres conseguissem vencer a violência.

A equipe da Patrulha é formada por Guardas Civis de ambos os gêneros – sempre com pelo menos uma mulher na equipe – que passam por uma capacitação sobre o atendimento à mulher vítima de maus-tratos.

A fiscalização é feita a partir da demanda da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher que encaminha as medidas protetivas e também pelas ocorrências espontâneas que podem ser realizadas através da central de atendimento da Guarda Civil no número 153.

COMPARTILHAR