Período chuvoso: Secretaria de Saúde orienta sobre cuidados com a dengue

A Secretaria de Saúde alerta a população sobre a importância de redobrar os cuidados e a prevenção, nesse período chuvoso, com os locais que possam se tornar criadouro para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Devem ser feitas vistorias regulares nos quintais, para eliminar qualquer recipiente que possa acumular água.

O resultado do terceiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2022, aponta que Petrolina está com um índice de infestação de 1,1%. De acordo com os dados do Ministério da Saúde, o município está com médio risco de infestação para o surto. Mas vale ressaltar que esse não é um momento para relaxar nos cuidados. “Estamos entrando no mês de junho, um mês que é marcado pelas chuvas intermitentes. Então a gente pede a colaboração da população para que redobre os cuidados, uma vez que estudos apontam que 80% dos casos estão dentro das próprias residências”, destaca a secretária de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

As medidas para o controle do mosquito transmissor das doenças devem ser permanentes. Entre elas estão: manter recipientes fechados com tampas; as garrafas devem ser armazenadas com a boca para baixo; pneus e caixas d’água devem ser mantidos sempre cobertos; evitar o acúmulo de lixo; e trocar a água dos vasos de planta. Além disso, também é necessário ter atenção aos ralos domésticos, ambientes com água limpa e propícias a proliferação do mosquito.

COMPARTILHAR