Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil de Petrolina monitora mulheres vítimas de violência doméstica

Nos primeiros quatro meses de 2021, a Patrulha da Mulher, serviço desenvolvido pela Guarda Civil Municipal de Petrolina, realizou 966 visitas domiciliares e atendeu 419 mulheres vítimas de violência doméstica. Essas mulheres possuíam medidas protetivas decretadas pelo Poder Judiciário.

O coordenador da Patrulha da Mulher, Inspetor Jenivaldo dos Santos, explica que a fiscalização que analisa a vigilância do cumprimento das medidas é feita com visitas domiciliares. Ou seja, o monitoramento é realizado de forma presencial com segurança e interação virtual com as vítimas. Ele destaca ainda que mais de três mil atendimentos já foram realizados desde a criação do programa em Petrolina.

A patrulha especializada presta serviço à população 24 horas por dia. Qualquer denúncia que envolva violência contra a mulher pode ser registrada pela central de atendimento da Guarda Civil Municipal pelo telefone 153 ou pelo whatsApp (87) 98106-7310.

COMPARTILHAR