Passe Livre: em dois anos, mais de 1600 pessoas com deficiência foram beneficiadas em Petrolina

A Prefeitura de Petrolina tem muito o que comemorar quando o assunto é a garantia de direitos às pessoas com deficiência. Isso porque, neste mês de agosto o Passe Livre voltado para esse público comemora dois anos. Com o decreto 076/2017, o prefeito Miguel Coelho restabeleceu o benefício que havia sido suspenso em 2016 e, pela primeira vez na história da cidade, a gratuidade da passagem dos ônibus coletivos para pessoas com deficiência começou a ser paga pela prefeitura.

Atualmente, cerca de 1.600 cidadãos tem a possibilidade de circular pela cidade de forma gratuita.  Para realizar o cadastro, é preciso comparecer das 8h às 13h à Secretaria de Acessibilidade, localizada na Avenida Gilberto Freire, s/nº, Vila Mocó, Centro, munido de RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de renda e laudo médico com validade de até 1 ano.

A documentação será analisada e o passageiro encaminhado à perícia médica, no mesmo local, para dar continuidade ao processo. Devem se cadastrar pessoas com deficiência física e/ou sensorial ou aquelas com deficiência múltipla que possuam renda familiar igual ou inferior a dois salários mínimos.

“Ao honrar este compromisso firmado com a população, o prefeito Miguel Coelho garante um direito fundamental de mobilidade àqueles que mais precisam. Os resultados positivos reforçam o quanto a Sedesdh, através da secretaria Executiva de acessibilidade, trabalha para a melhoria do acesso das pessoas com deficiência a serviços básicos da sociedade”, salienta o secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Jorge Assunção.

Fotos: Ilustrativa/PMP

COMPARTILHAR