Mobilidade: em três anos, Petrolina ganha mais de 15 quilômetros de pista para ciclistas

Além de ser uma alternativa mais ecológica, andar de bicicleta também é uma maneira de se exercitar e se divertir enquanto se locomove. O meio de transporte, que tinha pouco espaço em Petrolina, ganhou muito mais trecho para ser rodado nos últimos três anos. Desde 2017, a prefeitura tem implantado um ‘anel cicloviário’, construindo novas ciclovias e interligando-as para facilitar e dar mais segurança para quem anda de bike.

Até 2016, o município contava apenas com duas ciclovias, uma na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio e outra em parte da Avenida da Integração Geraldo Coelho. Ambas, totalizavam 6,7 quilômetros de pista.

Até o primeiro semestre de 2020, foram implantadas mais 15 quilômetros de pista para ciclistas nas vias: Cardoso de Sá; Estrada do Jatobá; Estrada das Pedrinhas; Clementino Coelho; Estrada das Bananas; Orla e ciclofaixa da Avenida da Integração. Atualmente, Petrolina contabiliza mais de 22 quilômetros para quem trafega de bicicleta.

A prefeitura ainda está preparando mais três quilômetros de nova pista para ciclistas, no qual está inclusa no projeto de duplicação da Avenida Mário Rodrigues. Esse novo trecho interliga a BR 407, na altura do posto Asa Branca até a Avenida Luiz de Souza, no Distrito Industrial.

COMPARTILHAR