Isolamento social acende alerta para violência contra idosos e prefeitura informa como denunciar

Não há dúvidas que o distanciamento social é uma das medidas mais eficientes para evitar a contaminação pelo coronavírus. A medida é recomendada pela Organização Mundial da Saúde e pelos governantes, para reduzir a curva de contaminação e minimizar a sobrecarga no sistema de saúde gerado pela pandemia. Os idosos estão no principal grupo de risco da doença e devem ficar em casa, porém, isso pode significar também exposição à violência. A Prefeitura de Petrolina alerta que os canais de denúncia continuam funcionando em tempo integral.

Os maus-tratos contra os idosos podem surgir de diversas formas, desde a violência física, psicológica, sexual, ao abuso financeiro, negligência e abandono. É possível fazer a denúncia sem sair de casa, pelo Disk 100, pela Central de Atendimentos da Secretaria Executiva de Segurança Pública: 153, Polícia Militar: 190, ou ainda em contato com Centro de Atenção á Pessoal Idosa (Capi), no número (87) 3864-3291, das 8h às 13h, de segunda a sexta, e com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), no telefone (87) 3861-7321, das 7h30 às 13h, também de segunda a sexta.

O trabalho de assistência ao idoso em Petrolina continua. O Centro de Atenção à Pessoal Idosa é um dos serviços que está à frente do recebimento dessas demandas. A equipe também está fazendo, por telefone, o acompanhamento e orientação aos idosos beneficiários dos Centros de Convivência do Idoso de Petrolina. Além disso, os servidores estão atuando nas ruas de diversos bairros e das feiras do município, para fazer recomendações a este público acerca das medidas de prevenção à Covid-19

COMPARTILHAR