Instalada há um mês, Usina de Oxigênio garante suporte ventilatório a pacientes internados no Hospital de Campanha de Petrolina

Instalada com o objetivo de atender as necessidades de pacientes com COVID-19 assistidos no Hospital de Campanha Monte Carmelo, a primeira usina de oxigênio do município está em funcionamento há 30 dias em Petrolina. Neste período, cerca de 50 pessoas que estavam internadas na unidade e precisavam de suporte ventilatório, fizeram o uso do oxigênio gerado pela usina.

O equipamento que gera, em média, 15 mil metros cúbicos de oxigênio por mês, tem capacidade para atender a demanda de toda a unidade hospitalar. Atualmente a unidade conta com suporte para 100 leitos que estão distribuídos em 20 leitos para suporte ventilatório pulmonar não invasivo e 80 leitos para assistência intermediária. Com investimentos municipais, a unidade possui toda rede de oxigênio canalizada, proporcionando mais conforto e assistência individualizada nos leitos, sem uso de cilindros.

Para a Secretária de Saúde, Magnilde Alburqueque, a gestão municipal tem trabalhado para assegurar assistência de qualidade aos pacientes de Petrolina.

COMPARTILHAR