FliSertão promove sala de curta-metragem e valoriza produção local de cinema

A produção cinematográfica do Vale do São Francisco agora tem a chance de mostrar seu trabalho a novos públicos. Durante o Festival de Literatura do Sertão, o FliSertão que segue até o dia 2 de setembro, os filmes da região estarão disponíveis aos visitantes na ‘Sala de Curtas’. O espaço foi pensado pela prefeitura para divulgar e valorizar a produção local cinematográfica e diversificar o público que vem prestigiar o evento.
Durante os cinco dias de programação, além da exibição de curtas, serão formadas rodas de conversas e debates com estudantes e produtores sobre as temáticas das obras cinematográficas. Os visitantes também poderão participar da Oficina de Quadrinho (HQ) com o artista, Daianderson Morgado.
Nesta quinta-feira (30), a partir das 14h, o evento receberá os alunos do colégio Motivo que vão debater as temáticas passadas nas sessões: Botão de Flor; Astromelia; Chronos; Permita-se; O curta que não deu certo; Sobre como viver; Desconect; e O último dia. E no dia 31 de agosto, a estréia de ‘A guerra continua’ e ‘Arabela’, além de um debate com o produtor e diretor petrolinense, Kleyton Nunes.
Os universitários também poderão participar da mesa de debate. A partir das 14h, no dia 1 de setembro, estudantes de Comunicação Social e Jornalismo da Universidade do Estado da Bahia vão trocar ideias sobre as exibições: Nega Tonha; 6 horas: a história se renova; Oásis no caos; Tempo de esperança; Recontar;Reminiscências: Bertolino Alves e Vejo flores em você.
A programação do domingo (2) segue às 10h da manhã com mais rodas de conversa com os produtores. E a partir das 14h, as exibições dos curtas do artista, Cícero Pedro dos Santos Curtas: Flor; O índio e a Lírio; Uma velhinha me contou coisas terríveis. Para mais informações sobre a programação acesse o site da Prefeitura de Petrolina: www.petrolina.pe.gov.br/flisertao.
COMPARTILHAR