Durante nove meses, aproximadamente 500 animais de grande porte foram retirados das ruas em Petrolina

Com um trabalho diário de fiscalização e segurança aos condutores, ciclistas e pedestres, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) tem um trabalho de retirada de animais de grande porte, a exemplo de cavalos, jumentos e burros. A ação acontece durante o dia e também a noite nas ruas de Petrolina. O CCZ recolhe uma média de 60 animais por mês na cidade, o que corresponde a cerca de 500, pois alguns são capturados mais de uma vez.

Através de um caminhão, os animais são conduzidos até o curral do Centro de Zoonoses, onde para retirada dos bichos é necessário pagar uma taxa correspondente a cada um que foi apreendido. Os valores individuais vão de R$ 200 a R$ 600, isso é referente a reincidências, ou seja, quando o mesmo animal é apreendido mais de uma vez.

Para ao diretor-presidente da Agência Municipal de Vigilância Sanitária, Marcelo Gama, o trabalho realizado visa garantir a segurança e,  acima de tudo, educar os responsáveis pelos bichos. “A apreensão dos bichos é embasada em decretos municipais, e os responsáveis por eles têm conhecimento disso. A área urbana não é destinada para a criação destes animais, muito menos que eles circulem livremente pelas vias da cidade, levando insegurança para quem trafega pelas pistas. Fazemos as retiradas no dia a dia, e até em operações noturnas, encontramos muitos animais de grande porte e, em muitos casos, apreendemos o mesmo animal inúmeras vezes”, destacou Marcelo.

Para denunciar a população pode entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) através do número (87) 3867 4774.

COMPARTILHAR