Coronavírus: Ammpla aumenta frota e remaneja viagens para reduzir aglomerações em ônibus

As medidas governamentais para conter a expansão do novo coronavírus (covid-19) vem diminuindo, e muito, a circulação de pessoas pelas ruas de Petrolina. A suspensão das aulas, fechamento de feiras e academias já reduziu em mais de 35%  o número de usuários no transporte coletivo da cidade.

Em decorrência disso, a Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) já está fazendo adequações na frota e também no número de viagens para diminuir, ainda mais, o fluxo dentro dos veículos. De acordo com o diretor presidente da Ammpla, Edilson Leite, uma das primeiras medidas foi ampliar a frota circulante que foi aumentada de 75 para 80 veículos.

Outra mudança foi o remanejamento da frota para os horários de maior demanda, como início da manhã e fim da tarde. A preocupação também é para não aumentar a lotação nos veículos o que prejudicaria as principais medidas de contenção ao covid-19. Por isso, a partir de agora, os passageiros passam a contar com mais veículos nos horários de pico, justamente, para evitar contatos.

Com as novas medidas de contenção anunciadas pela prefeitura, como fechamento de feiras livres, órgãos públicos, academias, fiscalização em bares e restaurantes, a expectativa é de que a circulação de pessoas seja ainda menor pelas ruas da cidade.

Segundo a OMS, o novo coronavírus se espalha principalmente pelo contato com uma pessoa infectada através de gotículas respiratórias geradas pela tosse ou espirro, que podem ser inaladas ou contaminar as mãos e as superfícies. Por isso, a concessionária do transporte coletivo de Petrolina também está adotando novas medidas de higiene nos veículos que passarão por higienização mais rigorosa entre as viagens.

COMPARTILHAR