Audiência pública discute reestruturação do transporte coletivo de Petrolina

A Prefeitura de Petrolina deu mais um passo para reestruturar o sistema de transporte coletivo da cidade. Durante toda a manhã desta segunda-feira (21), representantes da prefeitura e demais órgãos competentes se reuniram para discutir o processo licitatório que vai selecionar a nova empresa responsável pelo transporte dos petrolinenses.

As discussões aconteceram na Câmara Municipal durante a segunda audiência sobre o tema. Na oportunidade, o diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA), Geraldo Miranda, ressaltou que todos os trâmites legais estão sendo cumpridos com o objetivo de garantir, acima de tudo, a qualidade no serviço.

Esta é a segunda vez que ouvimos a população e colocamos o assunto em pauta. É fundamental deixar claro à população que nossa proposta é técnica e o que podemos garantir é que todo o estudo tem sido feito para, de fato, melhorar o serviço”, disse.

Para aperfeiçoar o sistema de transporte coletivo, a prefeitura vai exigir que a nova empresa atenda uma série  de requisitos, entre eles, que 100% dos ônibus sejam equipados com ar-condicionado. Outra solicitação é a renovação da frota, sendo 80% dos ônibus 0 km (68 veículos novos e 18 seminovos).

A administração municipal também exigirá todos os veículos com acessibilidade universal e com o menor tempo de espera (30% das linhas com intervalo máximo de 15 minutos e 65% com intervalo entre 16 e 30 minutos). Apesar de todas as melhorias que devem acontecer no sistema, o valor da tarifa do transporte público não será alterado.

A expectativa é que até o fim deste ano, os usuários já possam desfrutar da nova frota com cerca de 80 veículos. Pelos próximos 15 dias, qualquer cidadão poderá fazer suas sugestões sobre o processo de licitação através dos e-mails:ampla.pe@gmail.com e aindapeloammpla@petrolina.pe.gov.br .

Confira a apresentação: AUDIÊNCIA PÚBLICA

COMPARTILHAR