Após surto de dengue em cidades vizinhas, prefeitura fará ação preventiva em Rajada

A Prefeitura de Petrolina está organizando, nesta sexta-feira (19), a partir das 8h, na localidade de Rajada, uma grande ação para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya.  A atividade faz parte de uma força-tarefa da Secretaria de Saúde, após a confirmação de um surto de dengue em algumas cidades da Bahia, que fazem divisa com Petrolina, inclusive com a confirmação de um óbito no município de Casa Nova.

O objetivo da gestão é manter os bons resultados alcançados, a exemplo da redução de mais de 1.000% no número de casos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti no ano passado. Além de fazer divisa com a cidade de Casa Nova (BA), a localidade do interior foi escolhida por apresentar a maior incidência do vetor no último Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa).

Cerca de 20 agentes de endemias estarão na comunidade, fazendo um trabalho porta a porta de intervenção, prevenção e orientação sobre como evitar criadouros do mosquito. Além disso, será realizada uma palestra acerca do assunto na Unidade Básica de Saúde local.

Trabalho contínuo

De acordo com a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, as ações de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti são permanentes e tratadas como prioridade pelo governo municipal, porém, devido à gravidade da situação está sendo necessário intensificar esse trabalho.

“Estamos, diariamente, com nossas equipes nas ruas orientando a população para o combate ao vetor e monitorando a situação epidemiológica. Esse é um momento de intensificação das ações para que esse surto não chegue em Petrolina. A prevenção não pode ser interrompida e a continuidade das ações é importante para manter baixos os índices de infestação. Assim, será possível seguir com a redução do número de casos”, explicou.

COMPARTILHAR