Após reforma e ampliação, prefeitura entrega oficina do artesão nesta sexta

Fundada em 1989, a Oficina do Artesão Mestre Quincas, em Petrolina, abriga o trabalho de diversos artesãos do município que utilizam o espaço para produzir e comercializar seus produtos em madeira, tecido, barro e pedra. Com o objetivo de fortalecer o turismo, a prefeitura investiu cerca de R$ 700 mil na requalificação do espaço que será entregue nesta sexta-feira (7).

A Oficina está localizada na Av. Cardoso de Sá, s/n, Vila Eduardo, nas proximidades do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército e rotatória do monumento do Centenário. A visitação está suspensa por decreto do governo do estado devido à pandemia, porém, após liberação, ficará aberto para visitas de segunda a sexta-feira das 8h às 18h, aos sábados e feriados das 8h às 17h e aos domingos das 8h às 12h.

A obra faz parte do pacote de ações da prefeitura para preservar equipamentos turísticos, como Orla, Bodódromo e o Centro Gastronômico Dona Iracy Sobral, na Eraldo Gueiros.

Mestre Quincas

O nome da Oficina do Artesão homenageia Joaquim Correia Lima, chamado de Mestre Quincas, considerado o primeiro artesão de Petrolina. Ele nasceu em 1895 na cidade vizinha de Juazeiro – BA e morreu aos quarenta anos. Frequentou a Escola de Belas Artes de Salvador e destacou-se em Petrolina quando foi chefe de pintura da ‘Leste Brasileira’ e executou trabalhos importantes na Estação Ferroviária de Petrolina e em outros locais da cidade.

COMPARTILHAR