Prefeitura entrega títulos de posse e acaba com insegurança de mil famílias do João de Deus

Sentadas próximo à praça da Juventude, centenas de moradores do João de Deus aguardaram ansiosos a entrega dos documentos que provam a posse de suas moradias na noite desta terça (10). A espera chegou ao fim com a entrega dos títulos de mil casas do segundo maior bairro de Petrolina e outras localidades. Com esses, já são mais de 5 mil documentos entregues à população petrolinense que não tinha, até então, segurança jurídica para habitar em suas próprias residências.
Além de contemplar os moradores do João de Deus, nesse evento, o prefeito Miguel Coelho também entregou títulos a habitantes do São Gonçalo, Pedro Raimundo, Cosme e Damião, Pedra Linda, Henrique Leite, Fernando Idalino, Terras do Sul e Alto do Cocar. Os documentos oficiais encerram o temor da perda do imóvel e garantem a possibilidade de venda, aluguel e obtenção de novos financiamentos habitacionais aos beneficiários.
A iniciativa faz parte do programa Petrolina Legal, maior ação de regularização fundiária do município. A meta é atingir mais de 10 mil títulos até 2020, inclusive, para outros moradores do João de Deus. “Muita gente fala que só temos feito grandes obras de asfalto e concreto. Mas não é verdade, temos a melhor saúde, a melhor educação, o melhor serviço social de Pernambuco. E o Petrolina Legal é um programa que mexe muito com a dignidade das pessoas, qual a maior obra senão garantir a casa de quem esperou décadas por esse momento?”, questionou o prefeito Miguel Coelho durante a cerimônia de entrega dos títulos no João de Deus.
Eugênio Alves, liderança histórica da comunidade, agradeceu à prefeitura pela realização de um sonho antigo. O morador do João de Deus revelou, contudo, a descrença do bairro até a noite da esperada regularização fundiária. “Desde 1987, aguardamos esse dia. Passaram prefeitos, muitos hoje estão na oposição aí dizendo que isso é pouco. Mas será? A resposta está no rosto de cada um que está aqui depois desse tempo todo esperando. É um sonho realizado e sei que muito mais virá para o João de Deus”, disse em tom de desabafo.
Fotos: Jonas Santos
COMPARTILHAR