Prefeitura alerta para o prazo de vacinação contra a gripe

Faltando duas semanas para finalizar a campanha anual de vacinação contra a gripe, a Prefeitura de Petrolina faz um alerta sobre a imunização.  A meta preconizada pelo Governo de Pernambuco para o município é de vacinar 75.887 pessoas, mas apenas 64,7% fizeram uso da vacina, que é gratuita e está disponível em todas as unidades de saúde de Petrolina.

O público-alvo para a vacinação inclui idosos a partir de 60 anos; crianças de seis meses a seis anos; trabalhadores da área de saúde; professores da rede pública e privada; mulheres gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto); policiais militares, civis, bombeiros e militares na ativa; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, além de funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade e adolescentes de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas.

Destes, os professores, com apenas 46,42% de imunização, seguidos de idosos com 60,21% e gestantes, com 63,20% registram a menor procura pela vacina. Portanto, a Secretaria de Saúde, através do Programa Municipal de Imunização, solicita a estas pessoas que procurem a unidade de saúde mais próxima.

“Lembramos que a campanha da vacinação contra a gripe segue até o dia 31 de maio, portanto, é preciso que as pessoas consideradas dos grupos prioritários se conscientizem da importância da vacinação e procurem os postos para se proteger contra a doença. A vacina e a forma mais eficaz de resguardar a população, reduzindo hospitalizações e complicações da doença”, destaca a coordenadora de imunização do município, Marianna Araújo.

De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização assegura proteção contra os tipos mais graves da influenza, e é uma importante aliada contra a gripe, sobretudo no período que antecede o inverno, quando há uma maior transmissão do agravo. Isso porque, durante essa estação, as pessoas procuram se resguardar em locais fechados com mais frequência. Como o vírus se propaga pelo ar, as pessoas, principalmente, as dos grupos prioritários para vacinação, ficam mais suscetíveis.

PREVENÇÃO

Além da vacinação, é recomendado lavar as mãos com frequência, usar lenços para a higiene do nariz, cobrir o rosto no momento do espirro, evitar compartilhar objetos de uso pessoal e tomar cuidado com o contato com pessoas que tenham adquirido o vírus da gripe.

 

Fotos: Jonas Santos

COMPARTILHAR