O Prefeito

Miguel Coelho

Sobre Miguel Coelho

Nascido no Recife e criado em Petrolina, Miguel Coelho desde a infância acompanha as atividades políticas no Sertão. Participou de varias campanhas eleitorais ao lado pai, Fernando Bezerra, e do irmão, Fernando Filho, moldando a paixão pelos interesses sociais e desenvolvimento do Nordeste. A carreira profissional de Miguel também é precoce, iniciada em São Paulo, onde se graduou advogado na área empresarial. Em paralelo à atuação no campo do Direito, Miguel Coelho intensificou sua relação com a política e, aos 23 anos, decidiu candidatar-se a deputado estadual. Testado nas urnas pela primeira vez, foi eleito com expressiva votação no Sertão e Vale do São Francisco, com destaque para as votações obtidas nos municípios de Petrolina, Ouricuri, Lagoa Grande, Santa Filomena e Dormentes.

Apesar de ser o mais jovem de sua geração na Assembleia Legislativa de Pernambuco, Miguel Coelho teve destaque até fora das fronteiras de Pernambuco. O jovem parlamentar priorizou temas ligados à educação, agricultura, economia, segurança hídrica e desenvolvimento regional. No início do mandato, foi designado presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural, onde realizou audiências públicas sobre a Seca e promoveu diversos debates voltados para o produtor rural. Miguel ganhou mais notoriedade ao criar a União pelo Nordeste, um movimento suprapartidário que pretende reunir parlamentares e lideranças políticas nordestinas para uma política de estado voltada para o desenvolvimento do semiárido. Também ficou marcado pela Comissão do PAC, um colegiado criado por Miguel para investigar os atrasos de obras do Programa de Aceleração do Crescimento, como a transposição do rio São Francisco e a transnordestina. Ainda lutou pela segurança pública, abastecimento, cidadania e elaborou diversos projetos de lei relevantes para o Estado.

Em 2016, Miguel Coelho decidiu buscar seu maior sonho, ser prefeito de Petrolina. Com uma plataforma de campanha voltada para o resgate dos tempos áureos da cidade sertaneja, foi candidato a prefeito de Petrolina pela coligação “Petrolina com a Força do Povo” composto pelos partidos: PSB, PDT, PRTB, DEM, PSDC, PPL, PEN, PSC, SD, PR, PSD, PV, PTC, PSDB, PRP e REDE; tendo como candidato a vice-prefeita Luska Portela.

Após uma campanha que conquistou os corações dos petrolinenses, Miguel foi eleito com mais de 60 mil votos válidos. O jovem prefeito assumiu o mandato comprometido em fazer Petrolina voltar a ser uma potência regional, com prioridade para a saúde, educação, ação social e desenvolvimento sustentável.

Atribuições do Prefeito:

Autoridade máxima na estrutura administrativa do Poder Executivo do município, tem o dever de cumprir atribuições previstas na Constituição Federal de 1988, definindo onde serão aplicados os recursos provenientes de impostos e demais verbas repassadas pelo estado e pela União. Também cabe ao chefe do executivo municipal zelar pela boa administração da cidade, empreendendo a gestão da coisa pública, além de exercer o controle do erário, planejar e concretizar obras, sejam elas da construção civil ou da área social.

Abaixo algumas competências específicas da atividade do prefeito:

  • Organizar os serviços públicos de interesse local;
  • Implementar e manter, em boas condições de funcionamento, postos de saúde, escolas e creches municipais, além de assumir o transporte escolar das crianças;
  • Garantir o transporte público e a organização do trânsito;
  • Pavimentar ruas, preservar e construir espaços públicos, como praças e parques;
  • Promover o desenvolvimento urbano e o ordenamento territorial;
  • Apresentar projetos de lei à câmara municipal, além de sancionar ou vetar;
  • Intermediar politicamente com outras esferas do poder, sempre com intuito de beneficiar a população local;
  • Zelar pelo meio ambiente e limpeza da cidade.