Mulheres levam mensagem de combate à violência de gênero na folia de Momo

O abre alas do Carnaval de Petrolina, neste sábado (22), levou uma mensagem de reflexão para a população. Às 19h, o bloco “Quem disse que a gente não vinha?” foi às ruas e alertou para o combate à violência conta mulher, com cartazes e distribuição de panfletos. A folia foi animada pela Orquestra Baque Virado e contou com o apoio da prefeitura.

Esta foi a 11ª edição do bloco na cidade. Todo ano que pode, a assistente social Ana Cláudia Souza participa da folia. “A gente celebra a vida das mulheres e mostramos que representamos o empoderamento, fazendo um papel importante na sociedade”, afirma.

A secretária executiva de Juventude, Mulher e Acessibilidade, Bruna Ruana, destaca que desenvolver políticas públicas de enfrentamento à violência contra mulher é uma prioridade da atual gestão municipal. “Nos fazemos presentes no Carnaval, mas durante todo o ano trabalhamos nessa causa. No início deste ano, Petrolina foi premiada pelo Governo Federal, pelo desenvolvimento de um projeto de combate à violência de gênero”, lembra.

Em Petrolina, os casos de violência contra a mulher podem ser denunciados através dos telefones da Delegacia da Mulher 3866-6625; Guarda Civil Municipal 153,  ou ainda pelo  0800 2818187 e também pelo número 180.

COMPARTILHAR