Após décadas de espera, comunidade do N-6 ganha posto de saúde

“Esperamos mais de 30 anos por esse dia, as pessoas nem acreditavam mais nisso. A gente tinha que se deslocar de madrugada para o N-7 sem saber nem se seria atendido pelo médico. Era uma agonia. Mas hoje, finalmente, temos a felicidade de ter um posto de saúde nosso”. O relato da moradora do N-6, Cibele Pereira, resume a importância da nova Unidade Básica de Saúde aberta pela Prefeitura de Petrolina na noite desta quinta (17).

O equipamento foi entregue pelo prefeito Miguel Coelho numa solenidade com presença do senador Fernando Bezerra, do deputado Fernando Filho, vereadores e centenas de moradores do N-6. O posto de saúde é o primeiro de um conjunto de dez que serão inaugurados pela Prefeitura nos próximos dois meses em diversos bairros de Petrolina e que visam aproximar o atendimento médico e odontológico das comunidades.

A nova UBS terá uma equipe composta por médico, enfermeiro, atendente de farmácia, técnico de enfermagem e dentista dentro da N-6, evitando o deslocamento de pacientes por mais de cinco quilômetros até o núcleo vizinho. O posto ainda contará com área de recepção, sala de vacina, sala de procedimentos e curativos, consultórios médico e odontológico, além de assistência farmacêutica. Com isso, a gestão municipal deve atender cerca de três mil e trezentas pessoas da localidade.

Segundo o prefeito, a aproximação do atendimento médico das comunidades será uma das prioridades na gestão. Para isso, novos investimentos serão realizados para descentralizar a saúde pública na capital do São Francisco. “Vamos entregar ainda este mês novas unidades de saúde no Mandacaru e N-4. Depois outros sete postos em comunidades carentes de infraestrutura. Também compramos mais de 20 gabinetes odontológicos e garantimos 16 ambulâncias. Essas são algumas das ações que pretendemos executar ainda este ano para levar a saúde para perto pessoas, cuidando da população com mais rapidez, eficiência e carinho”, resumiu o prefeito durante a inauguração.

Fotos: Jonas Santos/ Ascom Prefeitura de Petrolina

COMPARTILHAR